Professor Flávio Tartuce
 
 
Menu
     
 
 
Nome: ilcemara sesquim
Data: 18/12/2007
Cidade: cacoal
Estado: RO
Comentário:
Olá Professor, estou fazendo o curso do R2 direito e gostaria de lhe parabenizar pelas aulas dinamicas e construtivas. Infelizmente existe uma carência muito grande de bons didatas na area jurídica, ainda mais no ensino a distancia. É muito bom poder aperfeiçoar meus conhecimentos na sua "companhia". Confesso que sempre tive certa aversão ao Direito Civil, pois trabalho na área penal, porém depois de ler seus livros e assistir a suas aulas, minha concepção tem mudado. Até mais.
 ________________________________________________________________________________________
 
Nome: JOSÉ ALVES SENA
Data: 17/12/2007
Cidade: MARINGÁ
Estado: PR
Comentário: 
Professor Tartuce, já fui seu aluno no IELF e hoje estou fazendo o curso a distância por DVD do professor Flavio Monteiro. Gostaria de sua opinião sincera do seguinte:
- o curso em dvd tem com apostila e sem apostila, estou fazendo o sem apostila. Agora estou com dúvida se compro as apostilas no valor de R$50,00 por modulo ou se atualizo meus livros. QUAL SUA OPINIÃO!? As apostilas serão melhores que os livros?
Estou prestando concursos para procuradoria (estadual e do trabalho)
Muito obrigado e aguardo sua opinião que será decisiva para minha decisão

Obrigado

José Sena
 ________________________________________________________________________________________
 
Nome: LOURIVAL DA SILVA
Data: 14/12/2007
Cidade: OURO FINO
Estado: MG
Comentário:
Professor, seus livros são excelentes.
Se possivel gostaria que o mestre me respondesse: Na revogação por ingratidão os frutos eventuais colhidos pelo donatario, ficará com quem.
A respeito do CDC, o que é consumidor por equiparação.
desde já antecipo agradecimentos.
 ________________________________________________________________________________________
 
Nome: Simone Bernoldi
Data: 8/12/2007
Cidade: São Paulo
Estado: SP
Comentário: 
Obrigada!
Por dividir com meros alunos com eu (FMB-Rotativo sábado trabalhista) o conhecimento do seu direito pós moderno! Foi uma grande honra participar de suas aulas. Infelizmente ano que vem não poderei participar do curso, mas quem sabe em 09.
De qq forma, muito bom saber que teremos este site, pois ele é a prova de que além do jurista, está o camarada que pensa em ajudar, informar e apoiar os concursandos e operadores do direito.
Feliz Natal e ótimo Ano novo pra vc e sua família.
Abraços da aluna e fã Simone, bem como de minha família.
 ________________________________________________________________________________________
 
Nome: Paulo
Data: 8/12/2007
Cidade: Lisboa -Portugal
Estado: TO
Comentário:
Gostei de pssar por aqui.
Obrigado, professor
Paulo
Lisboa-PORTUGAL
 ________________________________________________________________________________________
 
Nome: Neusa Maria Regatieri
Data: 6/12/2007
Cidade: Osasco
Estado: SP
Comentário: 
OLA
Estou cursando o 9º semestre de direito, gostaria de fazer minha monografia sobre o tema: Fraude contra Credores e Ação Pauliana.
Já tenho algns livros, mas preciso de muito conhecimento.
Por favor poderia me ajudar?
Obrigada
Neusa


 ________________________________________________________________________________________
 
Nome: Silvio Nascimento
Data: 5/12/2007
Cidade: Cachoeiro de Itapemirim
Estado: ES
Comentário:
Olá professor meu nome é José Silvio e sou aluno DIEX da unidade de Cachoeiro no ES! Gosto das suas aluas pelo grande conteúde que elas nos passam e porque é uma aula descontraída e isso ajuda ao aluno a aprender melhor a matéria!!! Gosto quando você procura alguem para brincar! Apesar de tu parecer o ninja da pesada, vc reparou que temos dois professores famosos também? Refiro-me ao professor Christiano Cassettari (vê se ele não parece o "Inhonho" do seriado Chaves e o professor Oscar Villaça (vê se não parece o Capitão Mause do filme "Loucademia de Polícia")
Brincadeiras a parte (espero não ser morto por eles) estou também escrevendo porque o Sr. sempre diz que é preciso ter peito para discordar de entendimento enraizado pela doutrina! Pois bem, escrevi um artigo sobre inventário extrajudicial onde discordo de uma doutrinadora e queria a opinião do renomado professor e doutrinador que o Sr. é sobre se estou no caminho certo. Poderia, se possível, passar seu e-mail para eu lhe enviar o artigo? sonho em um dia escrever livros, mas, não tenho niguém para me dizer se estou no caminho certo, como se discorda de alguém e se tem uma "tese" aceita quando, majoritariamente, a linha de pensamento é diferente,em fim, quero dar a "cara a tapa", essas coisas!

Desde já agradeço a oportunidade de ser seu aluno pela maravilhosa tecnologia do satélite ,pois, sem isso, dificilmente teria a oportunidade de ter aulas com professores tão espetaculares e de grande conteúdo quanto Senhor!!!
 ________________________________________________________________________________________
 
Nome: GILMAR PANDOLFO
Data: 26/11/2007
Cidade: SINOP
Estado: MT
Comentário: 
Li diversos de seus artigos, bem como jurisprudências e comentários, no entanto, estou concluíndo o curso de direito, mais precisamente o 9.º semeste, e minha monografia está voltada ao tema "Investigação de Paternidade Avoenga", quando há a negativação do exame, pelo fato de que o Avô não ter conhecimento e não ser o pai biológico do filho falecido (investigado). gostaria se possível, alguma orientação no sentido de reforçar a minha monografia. se atendido ou não, desde logo agradeço.
 ________________________________________________________________________________________
 
Nome: Carolina
Data: 23/11/2007
Cidade: Natal
Estado: RN
Comentário:
Olá Professor Flávio!
Espero que não estranhe esse e-mail, mas estava visitando o seu site e vi que o senhor disponibiliza seu endereço. Desta forma, gostaria de lhe felicitar pela palestra brilhante que fez aqui em Natal, na ocasião do Congresso de Processo Civil e Trabalhista. Estava lá atenta as suas palavras, e vi que nós comungamos da mesma paixão pelo direito do consumidor e contratual. Desta forma, suas palavras me incentivaram a continuar a árdua e prazerosa caminhada nas vertentes do Direito.
Ademais, espero não estar atrapalhando, mas estava estudando sobre alienação fiduciária e me surgiu um questionamento, o qual gostaria de compartilhar com o senhor.
Em contrato de alienção fiduciária (de um veículo, por exemplo), morrendo o consumidor (contratante), não deixando nenhum bem para saldar a dívida, existe algum seguro que acoberte a companheira dele, em caso de união estável reconhecida reconhecida judicialmente? Ou a companheira deve apenas devolver o veículo à empresa?

Desde já lhe agradeço pela atenção dispensada e espero, mais uma vez, não ter incomodado com esse e-mail de uma discente.

Abraço,

Carolina.
 ________________________________________________________________________________________
 
Nome: Sandra N.Viveiros
Data: 19/11/2007
Cidade: São Paulo
Estado: SP
Comentário: 
Professor Tartuce,
Parabéns pela brilhante palestra a que assisti em Belo Horizonte, no Congessso do IBDFAM (14 a 15 de nov. de 2007). Suas observações, sempre pertibnenetes e inteligentes, nos fazem pensar e apreender vários pontos do Direito Civil. Merece, portanto, elogios e agradecimentos!
Um abraço caloroso Professor!!
Sandra
 ________________________________________________________________________________________
 
Página(s):  81  82  83  84  85 86  87  88  89  90   
 
     
 
   
  Desenvolvimento - Webmaster: Neogestor / WebDesign: Nagano Lopes  
 
 Acessos 2.484.954